Graduação - Enfermagem

Informações Básicas
Modalidade: Bacharelado
Grau: Graduação
Integralização: 10 Semestres
Turno: Matutino ou Noturno

Prof. Me. Osmar Pereira dos Santos

Coordenador

Telefone: 62.3506 – 9300

coordenfermagem@fug.edu.br

O curso de Bacharelado em Enfermagem da Faculdade União de Goyazes, pretende formar profissionais com visão generalista, humanista, crítica, reflexiva e ética; qualificado para o exercício da enfermagem com base no rigor científico e intelectual. Capaz de intervir sobre os problemas/situações de saúde-doença mais prevalentes no perfil epidemiológico nacional e regional e identificar seus determinantes biopsicossociais. Capacitado a trabalhar em equipe e atuar como membro formador e coordenador da equipe de enfermagem. Desenvolver a prática profissional-assistência, ensino, pesquisa incorporando a ciência e a arte de cuidar com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, promovendo a saúde integral do ser humano.

Áreas de Atuação

  • Assistência (estes profissionais podem prestar assistência de enfermagem na área hospitalar, em clínicas e outros serviços como, empresas, repartições públicas e estádios de futebol.)
  • Docência (os enfermeiros também desenvolvem atividades de ensino em cursos de enfermagem de nível médio/técnico e ainda podem ser professores de ensino superior nas universidades)
  • Gestão, nesta função se encontra: os gestores em nível estadual, municipal (secretários de saúde e coordenadores de programas), os gerentes dos serviços de enfermagem das unidades hospitalares, como por exemplo: Centro Cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva, Serviço de Hemodiálise, Pronto Socorro e demais unidades dos hospitais e outros serviços como, por exemplo, dos Centros e Unidades Básicas de Saúde e das Equipes da ESF – Estratégia Saúde da Família.
  • Pode ainda o enfermeiro exercer funções como: diretor de hospitais e de Centros de Ciências da Saúde das Universidades.

Este é apenas um demonstrativo do leque de campos em que o enfermeiro pode atuar, desenvolvendo diversas atividades. As atribuições do profissional enfermeiro são amparadas pela Lei do Exercício Profissional:

É privativo do Enfermeiro:

  • Direção do órgão de Enfermagem integrante da estrutura básica da instituição de saúde, pública, privada, e chefia de serviço e de unidade de enfermagem;
  • Organização e direção dos serviços de Enfermagem e de suas atividades técnicas e auxiliares nas empresas prestadoras desses serviços;
  • Planejamento, organização, execução e avaliação, dos serviços da assistência de enfermagem;
  • Consultoria, auditoria, e emissão de parecer sobre matéria de enfermagem;
  • Consulta de enfermagem;
  • Prescrição da assistência de enfermagem;
  • Cuidados diretos de enfermagem a pacientes graves com risco de vida;
  • Cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos científicos adequados e capacidade de tomar decisões imediatas.

Como integrante da equipe de saúde:

  • Participação no planejamento, execução e avaliação da programação de saúde;
  • Participação na elaboração, execução e avaliação dos planos assistenciais de saúde;
  • Participação em projetos de construção ou reforma de unidades de internação;
  • Prevenção e controle sistemático da infecção hospitalar, inclusive como membro das respectivas comissões;
  • Participação na elaboração de medidas de prevenção e controle sistemático de danos que possam ser causados aos pacientes durante a assistência de Enfermagem;
  • Participação na prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral e nos programas de vigilância epidemiológica;
  • Prestação de assistência de enfermagem à gestante, parturiente, puérpera e ao recém-nascido;
  • Participação nos programas e nas atividades de assistência integral à saúde individual e de grupos específicos, particularmente daqueles prioritários e de alto risco;
  • Acompanhamento da evolução e do trabalho de parto;
  • Execução e assistência obstétrica em situação de emergência e execução do parto sem distorcia;
  • Participação em programas e atividades de educação sanitária, visando a melhoria de saúde do indivíduo, da família e da população em geral;
  • Participação nos programas de treinamento e aprimoramento de pessoal de saúde, particularmente nos programas de educação permanente;
  • Participação nos programas de higiene e segurança do trabalho e de prevenção de acidentes e de doenças profissionais e do trabalho;
  • Participação na elaboração e na operacionalização do sistema de referência e contra referência do paciente nos diferentes níveis de atenção à saúde;
  • Participação no desenvolvimento de tecnologia apropriada à assistência de saúde;
  • Participação em bancas examinadoras, em matérias específicas de enfermagem, nos concursos para provimento de cargo ou contratação de enfermeiro ou de pessoal Técnico em Enfermagem.

Links Importantes

Downloads